Somos Meios de Saciar a Sede || Amanda Ribeiro

11:00 Ruan Majesa 0 Comments


Imagine a seguinte situação.

Você correndo, em um deserto, um sol escaldante, você não enxerga mais nada além de sol e areia. Quando de repente, você encontra um copo d´água gelado. Qual sua reação? Vai ignorar a água e comer o copo? ÓBVIO que não. Você vai beber a água imediatamente. Porque a água tem poder para matar tua sede, já o copo não.

Historinha doida, não é mesmo?! Eu sei, mas eu contei essa história apenas para te explicar uma coisa. Sabe o que significa o copo? E a água? O copo significa nós, simples seres humanos, e água? Bem, a água é Jesus.



2 Coríntios 4-7 Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus, e não da nossa parte.

Nós somos apenas “copos” ou como Paulo mencionou, apenas vasos de barro. O que importa de fato é o verdadeiro “tesouro”, a água viva que vive em nós. O foco do evangelho NUNCA foi e NUNCA será o homem. O centro do evangelho é Jesus. Porém, por vivermos na era do egoísmo, todos estão se preocupando com emprego, com status, em ser bem sucedido, se dar bem na vida, etc.

Entretanto, este “mal” chegou ao meio evangélico. Se você assistir a maioria das pregações por ai e ouvir algumas músicas “gospel” notará que uma grande parte dos cristãos, está invertendo as coisas e SE colocando no centro do evangelho. “vingança gospel”, “justiça contra os que te perseguem”, “falência dos inimigos”, “só vitória” etc.

Todos preocupados em “exaltação”, em um ter um ministério respeitado, em o quanto as pessoas o admiram, e em tão bem “santificados” estão. Grande maioria dos evangélicos do século 21 está preocupado em enfeitar seus próprios “copos” e pouco se importando, se por dentro ainda existe água. Todavia, meu querido. Quando o sedento te procura em busca de água, ele pouco vai se importar com a tua oratória, com o quanto você entende teologia, com o seu ministério mirabolante, mas ele vai estar à procura do que de fato sacia a sua sede. Água!

Por isso, o foco deve ser o tesouro que realmente importa e não o seu ministério, não a sua santidade, não a sua benção. Nossa luta diária deve ser por buscar encher os nossos humildes copos de barro, com o que existe de mais precioso, com Cristo. Jesus não pode nunca ficar em segundo, cara, existe uma canção antiga que diz “Se ele não for o primeiro em teu coração então já não é mais nada, não passa de uma ilusão...” essa canção tem toda razão, se atenção central de nossas vidas não for cristo, todo o resto por mais bem feito que seja, será apenas uma ilusão. E nós continuaremos sendo apenas copos, sem conteúdo. Um copo bonito só serve para ser admirado, um copo com água mata a sede! Quando tiramos os olhos das coisas superficiais e fixamos o olhar em Jesus nos perceberemos que Ele é o eixo principal do evangelho, somos vasos de barros que quando cheios do mais precioso tesouro, somos simplesmente meios de saciar sede de sedentos.

“O evangelho nunca será sobre nós, mas sempre poderá ser através de nós.” Gustavo apilar

Por Amanda Ribeiro 




0 comentários:

Sua opinião é extremamente importante, Comente!