Somos Frios, Quentes ou Mornos? || Fala Garoto

20:00 Jonatas Oliveira 0 Comments


  No livro de Apocalipse o Apostolo Paulo, estando exilado na Ilha de Pátmos, é arrebatado em espírito e ouve uma grande voz, quando ele se vira para ver quem falava com ele, viu sete castiçais de ouro e no meio dele estava Jesus Cristo. Logo depois, lhe é interpretado que os castiçais representam as sete igrejas da Ásia menor (conhecida hoje como Turquia). Essas igrejas tem uma importância muito grande, elas representam as fases que a Igreja de Cristo passaria durante a história.
  Existe, no entanto, uma igreja ali que me chama atenção pelo simples fato de ser a única congregação que recebe não recebe nenhum elogio, somente contém repreensão. Me refiro a carta escrita a Laodiceia.

“E ao anjo da igreja de Laodicéia escreve: Isto diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus:
Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; quem dera foras frio ou quente!
Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca.
Como dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu;
Aconselho-te que de mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças; e roupas brancas, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; e que unjas os teus olhos com colírio, para que vejas.
Eu repreendo e castigo a todos quantos amo; sê pois zeloso, e arrepende-te.
Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.
Ao que vencer lhe concederei que se assente comigo no meu trono; assim como eu venci, e me assentei com meu Pai no seu trono.
Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas.
Apocalipse 3:14-22

  Quero chamar a sua atenção para a expressão “que nem és frio nem quente, quem dera foras frio ou quente (...) és morno” usada para definir o estado espiritual daquela igreja para com Cristo. Jesus usa aqui a situação geográfica para mostrar como se sentia com aquele povo. Laodiceia ficava no Vale do rio Lico, perto de Hierapolis e Colossos; as águas de Hierapolis eram quentes, portanto, usadas para fins medicinais e de Colossos fria, boa para beber. Mas as águas de Laodiceia eram mornas e as pessoas quando bebiam sentiam vontade de vomitar. A mesma sensação tinha Jesus, que estava a ponto de “vomitar-te da minha boca”.

  Outro problema que eles sofriam era a auto suficiência, que era tanta que Jesus já não cabia mais em suas vidas. Estavam preocupados demais com suas riquezas e prosperidades que deixaram sua espiritualidade pobre e morna.

  Isso serve para refletirmos de como nossas vidas andam diante de Deus, tanto na exterior quanto na espiritual, não podemos dar prioridade a uma e deixar a outra descuidada. Será que estamos sendo mornos para com o Senhor?

  Talvez você tenha por algum motivo, assim como a igreja de Laodiceia, tirado Jesus de sua vida, mas hoje, como todos os dias, ele está batendo a porta e te chamando para viver uma nova comunhão com ele. E saiba que você tem uma promessa: Ao que vencer lhe concederei que se assente comigo no meu trono; assim como eu venci, e me assentei com meu Pai no seu trono.”





0 comentários:

Sua opinião é extremamente importante, Comente!