O Erro de Pedro Foi Andar Sobre as Águas

16:33 Ruan Majesa 0 Comments



A gente sempre ouve indagações sobre a fé de Pedro, que sua falha foi não ter fé suficiente para andar sobre as águas e que o vento e as ondas o fizeram ter medo. Mas hoje eu queria te conduzir a uma outra visão sobre esse momento na história da vida de Pedro, e dizer que o maior erro dele foi andar sobre as águas.

Você pode agora está se perguntando como assim? Para entendermos vamos desenvolver isso aí. Vamos para a história (Mateus 14.28). Você concorda comigo que quando Pedro ouviu as palavas de Jesus dizendo "Vem Pedro" ele decidiu pular do barco e que antes disso a única coisa que ele via eram as águas? Então por que no momento que Jesus falou com ele, ele decidiu que as águas, as ondas e o vento não eram mais importantes, mas sim só as palavras que ele havia dito?

Foi porque nesse momento Pedro toma a decisão de andar sobre a sua confiança nas palavras de Jesus, ou melhor, nesse momento Pedro decide andar sobre as palavras do Cristo, sobre a voz do mestre que dizia "VEM". As águas agitadas abaixo de seus pés não importavam, porque não surtiam efeito já que ele não andava sobre elas e sim sobre as palavras de Jesus.

O seu erro então vem a acontecer quando ele olha ao seu redor e por um feixe de tempo, de momento, ele esquece das palavras de Jesus, e nesse momento ele tenta andar sobre as águas, mas as águas não tem poder para deixa-lo emergido, e muito menos seus pés capacidade de faze-lo boiar. E a força das palavras de Jesus vão sendo esquecidas por ele. Então ele começa uma luta desenfreada por continuar a andar sobre as águas, mas dessa vez ele não se baseia nas palavras de Jesus, mas sim no andar sobre as águas e esse foi seu maior erro. Consegue entender? O ato de buscar sozinho, a luta por andar sobre as águas com medo de afundar, de se manter na superfície por sua própria capacidade, e aí que aquele mar cada vez mais o engolia e o submergia. Até que ele clama por Jesus e Ele aparece estendendo a mão e o puxa para fora, com a conhecida frase: "Homem de pequena Fé, por que duvidou?".

Nesse momento Jesus estava dizendo: Pedro, você estava indo tão bem andando sobre minhas palavras, depositando sua confiança nelas, mas quando você olhou ao seu redor esqueceu delas, duvidou da capacidade das minhas palavras de te manter de pé sobre as águas, ai, ai Pedro, um dia você vai aprender, vai aprender que tudo que eu ofereço a vocês é de graça e não precisa de merecimento, porque a graça é o favor imerecido, mas para que ela tenha efeito você precisa acreditar nela, a manivela que impulsiona as coisas sobrenaturais é a fé, a confiança e é isso que você precisa entender homem de pequena fé.

E a mesma coisa acontece milhares de vezes com a gente, a todo tempo a palavra de Deus diz que somos vitoriosos, que nossa guerra já foi vencida, que tudo podemos no Deus que nos fortalece, mas negamos a existência dessas palavras, e continuamos tentando andar sobre as águas com as forças dos nossos próprios pés. Deus a todo momento nos pede para confiar em suas palavras, e algumas guerras até diz que não precisamos lutar, porque ele que irá vence-las por nós. Mas nós insistimos em tentar pegar nossas armas e batalhar.

Ele nos disse que somos filhos, mas continuamos vivendo como criaturas.
Ele nos disse que somos santos, mas insistimos na vida de pecado.
Ele nos disse que tudo que pedirmos em nome de Jesus teremos, mas continuamos vivendo das migalhas que caem da mesa.
Ele disse que aquilo que ouvido nenhum ouviu, olhos nenhum viram, nem subiu ao coração do homem é o que ele tem reservado a nós, mas insistimos em viver na naturalidade.
Ele disse que somos livres, mas sismamos em nos fazer prisioneiros.

Mas meu clamor para essa geração é que venhamos começar a andar sobre suas palavras, sobre o poder da sua voz, sobre o poder da confiança, da fé, do amor e da esperança e pararmos de andar só sobre as meras águas, sobre nossa própria força e vontade. 

E aí está preparado para andar sobre as verdadeiras palavras desse cara incrível que é Jesus? Oro, para que se cumpra em nós João 16.13: "Ele vos guiará à toda a verdade". 

Até mais, até outro dia... 
#REFLITÃO.



0 comentários:

Sua opinião é extremamente importante, Comente!