As Moças e a Pornografia || Fala Garota

16:55 Any Olliver 0 Comments


Hoje o assunto é um tanto complicado, garotas cristãs o evitam nos diálogos diários e ele vive suprimido pelos lábios dos demais. Envolve sentimentos, desejos e sensações.
É triste falar e nem é bonito mas pornografia existe no meio de nós e não é fácil de lidar com ela. Eu diria que se não fosse por Cristo, a tal seria indomável.
Por ser humana, digo possuir parte carnal, uma moça também tem certos sentimentos assim como o homem, e por ser mais emocional e intensa que um; as vezes esses sentimentos tomam proporções grandiosas. Mas o fato é que não chega ser pecado senti-los, o errado, inapropriado, é a ação após senti-los.
Geralmente a inclinação à pornografia se começa bem no início, antes das espinha. Quando o corpo e a mente está passando por certas mudanças. Não se sabe sobre "isso" e "aquilo" e então se começa a procurar pelo assunto. Se folheia as revistas teen em busca do conteúdo, fica-se atenta as cenas de beijo nos filmes torcendo para que venha algo mais, se passa bem de vagar em frente da banca ou nos fundos das locadoras na tentativa de captar algo, e claro; no século XXI se tem tudo ao alcance com um simples celular em mãos. Mesmo que você não procure, nos blogs, nas redes sociais, já tem tudo exposto.
Mas, assim, o tempo passa e se descobre o que tem que se descobrir, porém, com esse conhecimento vem também a idade, a inocência da infância se perde, a índole para a promiscuidade da fase adulta do ser humano tem então início.
Muitas moças estão ligadas a pornografia, não só em suas ações mas em suas mentes e corações, e essa tal prática se transforma em vício. É como um desejo incontrolável, algo do qual se sabe que não pode satisfazer realmente a nada, ou não levará a qualquer lugar bom, mas mesmo assim se faz, sem nem saber o porquê. Para algumas é como um pecado de estimação, daqueles o qual toda hora se acaricia e logo devolve para o bolso. Uma simples bobeirinha, na conversa de que é coisa da idade e a hora que se quiser largar, então largará. Mas não é bem assim.
Essa abertura de passagem de muitas garotas para a promiscuidade, tem causado sérios danos não só para seus corpos, mas para suas vidas, despertando certos assuntos antes do tempo apropriado. Cada vez mais se vê garotas se preocuparem com o que não deviam se preocupar ainda, e andando por caminhos dolorosos de vida.
A lascívia bate à porta a toda hora, e pecado é pecado, ela não se diferencia dos seus irmãos.
O que Deus disse a Caim séculos atrás sobre o pecado da ira, vale o mesmo para suas filhas em dias atuais sobre lascívia:
 

"Então o Senhor disse:
– Porque você está com raiva? Porque anda carrancudo? Se tivesse feito o que é certo, você estaria sorrindo; mas você agiu mal, e por isso o pecado está na porta, à sua espera. Ele quer domina-lo, mas você precisa vence-lo."

(Gênesis 3:6,7)

Deus, o Eterno – rico em saber – não aconselharia alguém a fazer algo se soubesse que esse, não pudesse faze-lo.
Portanto essa idéia de que necessitamos da lascívia, pornografia e tudo que é vinculado e não podemos lutar contra isso, não é real! Não necessitamos disso, ainda que o corpo, a mente e os hormônios esperneiem em um protesto contrário.
É importante se estar atenta para as indiretas sutis que acontecem e os passos lerdos que começam a ser dados em direção ao pecado.
Mas há ainda aquelas que já estão imbuídas em tal prática, que começaram nem sabem quando e agora não param. A culpa de estar infligindo as leis de Deus e desconsiderando o amor dEle, é torturante e acaba-se procurando outros meios para certos fins.
A ação efetiva para quem já tem inclinação para pornografia ou já está vinculada a ela, é mudar sua direção...


"Abstende-vos de toda a aparência do mal." (1 Tessalonicenses 5:22)

Ou seja: Fuja, evite, tudo que parecer mal.
O interessante de se observar, é que antes da morte de Abel, o Senhor avisou a Caim do que estava por vir.
E Ele ainda avisa, Ele cuida. O Eterno mostra onde está a aparência do mal e essa é sua deixa para ir na direção contrária. Se você já sente o cheiro da lascívia, então não espere o encontro. Não permita-se ser tentada, não entre para depois sair.
Você já viu palha seca ou capim em dias de sol? Uma faísca de fogo ou um cigarro gasto já é mais do que o suficiente para um fogaréu e é o mesmo que acontece no nosso dia a dia-a-dia, com nossos sentimentos.
Os conteúdos sugeridos de hoje em dia não contribuem para a santidade. As cenas nas novelas das seis já são faíscas, as conversas privadas em chats com certos rapazes que não temem a Deus, já são chamas. Fuja – mude de canal, assunto, página e o que mais for – na mesma hora! Nem assista o tal filme, nem tenha o tal contato no WhatsApp.
Para se ter noção, o profeta Elias – enviado por Deus, desafiador dos sacerdotes de Baal, implacável na fé – ao saber das ameaças da prostituta Jezabel; correu! Desviou sua direção e ficou no deserto a continuar sua caminhada até Deus o livrar daquela terrível mulher. (1 Reis 19:1-7)
Portanto, não se brinca com prostituição, não se libera um minuto de atenção se quer. Não é feio desviar-se, é pura sabedoria.
Mas se as investidas, os desejos resistirem? Se depois de se desviar, ainda no íntimo o assunto ficar sendo remoído?
Luta! Foi isso que Deus deixou claro a Caim, após avisa-lo do perigo que rondava. Basicamente Ele disse: - “Você precisará lutar filho!”
A santidade não se trata de um processo rápido ou de limpeza instantânea; estamos em guerra. Viveremos como um ser humano até o dia em que morrermos, então lutaremos contra nosso lado carnal até lá!
Em Provérbios 11 bem diz que “a mulher aprazível guarda a honra, como os violentos guardam as riquezas.
E o Pai sabe que sozinhas não conseguimos. Por esse motivo podemos contar com a Graça. E que bom isso!
O Apóstolo Paulo em dias cinzas também suplicou a Deus para que tirasse seu "espinho na carne", algo que o trazia sofrimento e dor. Deus com seu sublime e tremendo agir apenas disse ao Apóstolo que: a Graça dEle em sua vida bastava. (2 Coríntios 12:7-10)
Certas coisas não são tiradas, por serem da natureza humana, mas são suportadas, suprimidas, até um dia não surtirem mais nenhum efeito.
As atitudes sábias e conselhos práticos para serem seguidos contra esse mal da pornografia, são muitos e você caso passe ou esteja passando por isso, tem que saber:
· O primeiro passo é pessoal, quando se vasculha por dentro, naqueles dias de reflexão. É a convicção de que não se precisa da luxúria e toda espécie obscura de prostituição para viver, pois não traz nada de bom apesar da sua falsa satisfação carnal, além de que tal caminho só leva a destruição do espírito, querendo então assim; mudar e admitindo que não consegue sozinha. Assim se vai ao Pai. Ele disse: “Vinde a mim...” e depois: “Aprendam de mim...” (Mateus 11:28,29) Então é isso que se faz. Se arrepende (que é bem diferente de lamentar, pois, quando há arrependimento, há nojo de seus atos e recusa de retornar a pratica-los) e se recebe a Graça. Assim se segue com ela, dia após dia, na certeza de que a parte divina, a parte de Deus, será feita. A desintoxicação virá.
Após isso...
· Procure estar envolvida com conteúdos que edificam o espírito, que contribuem para uma vida saudável e natural.
Ocupe sempre o tempo livre. Experimente fazer um curso profissionalizante, um estudo bíblico, um artesanato, enfim; uma prática saudável para não estar sempre ociosa.
· Evite estar sempre em regime privado, com atividades privadas. Abra o registro de atividades do facebook, procure estar utilizando as redes sociais sempre perto de alguém, e conversando a respeito das dificuldades com uma amiga de confiança.
· Escreva um diário. Seja real ou virtual, mas tenha um. Nele coloque relatos de sua luta diária, com data. Tente marcar o porquê, quando e quem ou o quê te despertou o desejo para a prostituição. Quais lugares, quais pessoas ou objetos lhe tentaram, para que você os evite futuramente.
· Instale um filtro ante-pornografia em seus aparelhos com acesso a internet se puder.
· E por falar nela, a evite um pouco assim como aparelhos eletrônicos. Procure se enterar mais com objetos físicos de edificação, como livros (de conteúdo adequável) procure por indicações de alguns com os amigos, e depois comente sobre eles. Inclusive faça o mesmo com a Bíblia.
· Após acontecer a limpeza espiritual falada no início, faça uma limpeza Física, tirando todo conteúdo pornográfico de seu alcance ou coisas que te ligam a eles.
· E Ore! Falar com Deus muda muita coisa, inclusive seu ser. Essas ações contra a lascívia na guerra carnal, só valerão se a ação no espírito, na dimensão espiritual, estiver tomada. Estabeleça então contato constante e diário com Deus, em sinceridade, contando-lhe tudo a respeito de seus pensamentos e esperança em Cristo Jesus para seu futuro.
· Esteja interada com Ele. Estude e observe sobre Cristo quando era humano, e agora também. Estude sobre Deus e seu amor, sobre seu agir, sobre o Reino. Grife as palavras na Bíblia, abra o caderninho, entre em grupos de estudos e fique atenta sobre tudo que diz respeito aos “TRÊS”.
Esse é o começo. Esse é o conselho em Colossenses 3:5:


“Fazei, pois, morrer a vossa natureza terrena... A imoralidade sexual, a indeiscência, as paixões más, o mal desejo e cobiça..."

Como se vê o processo é sério, pois o assunto é sério. Não deve ser tratado como algo vindo de um mundo de fantasias.
Olhar conteúdos pornográficos, assistir e fantasiar certas cenas, ou utilizar apetrechos para despertar desejos e sensações, não é o que realmente um ser humano precisa.
E por pornografia envolver sempre sexo, é importante saber que ele é um elo de amor e só é perfeito, legítimo e aceitável; entre homem e mulher, de forma natural após o matrimônio, para um único propósito: Multiplicar-se, ter filhos. O prazer é como um bônus. (Gêneses 2:28)
Isto sim, desta forma – e só desta forma – é necessário. O casal que vive o plano perfeito de Deus, imbuído no verdadeiro amor, não necessita de invenções. O modo natural das coisas acontecerem é perfeito por ter sido estabelecido pelo Deus Perfeito. Eclesiastes afirma que; “Deus fez o homem reto, mas ele buscou muitas invenções." (C. 7 V. 29)
Você não precisa de uma vida promíscua. Espere pelo plano perfeito.
Seu corpo, alma e espírito pertencem a Deus. Portanto, respeite-o e respeite o outro também, ainda que esse assim não faça, estando exposto em revistas, vídeos ou fotografias eróticas.
Somos a imagem de Deus, e quando desrespeitamos a nós mesmos ou o corpo de alguém, desrespeitados a Ele também. Isso é seríssimo.
Atente para o dia-a-dia moça, não desperte certas sensações antes do tempo adequável, ou se estás em um relacionamento: não utilize a pornografia como válvula de escape para as turbulências que acontecem nele. A pornografia abre uma porta no qual da passagem à masturbação, luxúria, prostituição, adultério e uma finidade de outras coisas, todas com um fim bem triste e destruidor. A pornografia infelizmente é só o poluente começo e ela existe no meio feminino cristão, mas não deve continuar.
Você que lê isso agora, saiba de seu valor, por ser filha do Deus Eterno; merece o melhor. Merece uma vida de respeito e santificação.
Então lute por sua honra.
Está pronta?


[E aqui em nota gostaria de convida-las a deixar seus comentários a respeito, seus conselhos, experiências ou dificuldades. Isso ajuda de grande forma às demais que passam pelo mesmo. E também reforço: Caso o assunto já esteja incontrolável em sua vida, saia já. Procure ajuda.
Estou a disposição e em oração caso precise e queira de ouvidos amigos. Entre em contato no campo de mensagens. Estou à espera.
A Graça de Deus é real e ela é disponível a todos que assim a recebem. Deus abençoe. ♡]

0 comentários:

Sua opinião é extremamente importante, Comente!