Causas Maiores || Fala Garota

11:06 Any Olliver 0 Comments

Sabe, quando vivemos um tanto de tempo na vida cristã, não evoluímos apenas em idade com esse tempo, não crescemos apenas em estatura mas, interiormente também, evoluímos em entendimento, em caráter, sentimento...
Se nos pegarmos meditando em como "pensávamos que as coisas eram" a uns bons anos atrás, veremos que nossas convicções mudaram bastante. Isso pode se chamar de maturidade espiritual.
Vamos falar um pouquinho a respeito disso?
Cada problema tem sua importância, cada problema tem seu efeito para àquele que o tem em sua vida, seja ele pequeno ou grande aos olhos de quem de fora vê.
O único tênis surrado pode parecer pequeno infortúnio para um trabalhador de meia idade, mas não é para a adolescente vítima de bulling no colégio ou na faculdade. Da mesma forma que revelar os sentimentos a alguém pode ser tarefa fácil para ela mas ser motivo de aflição para o tal trabalhador que já sofreu inúmeras decepções na vida.
Todos temos problemas e sejam grandiosos ou não são importantes, mas o caso é que com uma mente madura espiritualmente, forjada pelo entendimento do Espírito Santo, podemos entender que há causas maiores. Os sofrimentos são muitos, mas não são o foco. Há causas maiores moças.
Não estou falando sobre sua indecisão de seguir a Cristo perante seus amigos e a resistência dos cristões lá no Paquistão. Não estou falando da criança que tem dificuldade em comer os vegetais colocados pela mãe todos dias enquanto as crianças na África vão a óbito por fome, não estou fazendo comparação de problemas, sofrimentos ou missões aqui. Estou falando de "um todo", da causa de cada um, da missão dada por Deus a cada um de nós. Estou falando do foco de cada um, do destino final e Daquele que irá nos receber no grande dia.
As vezes nós mulheres, nos ligamos de mais aos problemas, sofrimentos e dificuldades de nosso dia-a-dia, e deixamos eles tomarem uma certa proporção sem percebemos.
Começamos a abrir passagem para a depressão por causa de uma conversa mal resolvida com um rapaz. Puxamos uma cadeira para a tristeza devidas as palavras das pessoas ditas diariamente contra nós e ali ficamos frente a ela tomando um chá de lembranças amargas. Nos deitamos com a insatisfação com nosso corpo, digo biotipo, e levantamos com o desânimo de ir para o novo emprego. Deixamos a rotina, as tormentas e tristezas conduzirem nosso mundo.
Sim, a vida financeira pode não estar indo muito bem – a de ninguém está – mas, e o ministério?
"É só uma página no facebook, uma ministração aos domingos, um louvor nas quintas-feiras, uns rabiscos no papel..." pode se pensar, mas não é assim. Isso (nossos objetivos maiores, nosso foco, chamado, dever... Seja ministério ou compromisso) tem se passado por pequeno com tanto assunto grande ultimamente.
Chega uma certa hora de nossas vidas em que, assim como o Apóstolo Paulo diz em Coríntios 13: “É preciso deixar as coisas de menino.” Chega a hora em que é preciso ponderar as coisas, é preciso colocar na balança o que mais importa.
Faça isso! Em dias pesarosos, coloque de um lado sua insatisfação, coloque seu desentendimento com o namorado, sua dificuldade em falar em público. Coloque o bulling e o desemprego. Se for a professora implicante na escola ou uma doença o que lhe assola, coloque na balança. Do outro lado coloque o que é de Deus. Coloque seu chamado, coloque o propósito. Seu compromisso, seu casamento, seu dever, sua integridade, o dia tão esperado da vinda de Cristo... E veja qual pesa mais, qual vale mais.
O fato é que se pensarmos bem, todo problema, causa, objetivo, dificuldade ou aflição – ainda que grandes – serão menores diante de Deus e seus desígnios.
Cristo quando em homem, teve de passar por muitos problemas, um deles foi quando tinha que entrar em Jerusalém e sabia de tudo que iria padecer por lá, até mesmo de sua dolorosa morte. Os discípulos se apavoraram, Pedro entrou em pânico: – “Não Senhor!” Mas Cristo em sua integridade, continuou firme, confiante e transmitindo confiança. Ele tinha de mudar o destino do mundo – o meu e os seus – Ele sabia que todo sofrimento era por uma causa maior. Não colocaria suas vontades acima disso. Talvez antes, por aquele minuto em que se apavorou no Getsêmani, ou quando menino. Mas não agora! Era já homem em espírito.
(Mateus 16 do 13 ao 23)

Outro exemplo é Marie Durante. John Piper em uma de suas pregações conta que no século 17, a pequena Marie de 14 anos de idade, foi presa por ser protestante na França. Na prisão disseram a ela: – “Você pode sair em troca de uma frase: ‘Eu renuncio’” E ela escreveu na parede de sua cela: "Eu resisto". E ficou lá por 38 anos até morrer fazendo o mesmo.
(fonte: @teologiaparamulheres - no Facebook)
Ela lutava por uma causa maior. Era forte, desprovida de medo aos 14 anos de idade? Provavelmente não! De certo estava com frio, medo, fome e sede. Mas tudo isso ainda era pequeno para faze-la negar a Cristo, pois seu foco era algo maior, algo além da vida aqui.
Nem sempre os problemas e dificuldades são por essa causa maior, mas as vezes eles acontecem e podemos passar por eles como Marie; focadas nessa causa.
Não posso mentir:
Sim, você tem que engolir as afrontas e buscar apenas seus direitos para dar o exemplo!Sim, você precisa se afastar desse rapaz que lhe provoca para guardar a honra de acordo com a Palavra!Sim, você precisa entregar nas mãos de Deus a amiga falsa e aquele que lhe passou a perna, pela justiça e não vingança.
Você precisa deixar de lado certos detalhes por seu casamento.
Você precisa fazer o propósito e sobreviver a ele, o tempo, faz parte de uma causa maior! As lágrimas de hoje fazem parte de uma causa maior. Vivemos por causas maiores, nossas vidas estão cheias delas, e acima dessas causas há ainda "A Causa maior", o plano perfeito do Pai, o Evangelho que tanto pregamos, nossa encontro na glória com Cristo onde nada mais será tão doloroso e  incomodante.
E ainda que uma doença lhe surpreenda, ou seus cartões estejam no limite. Ainda que o Alzheimer afetou alguém de sua família ou seu emprego seja uma verdadeira tortura, a mensagem é a mesma: Você vive por uma causa maior!
Você pode suportar todas as coisas moça – tanto pequenas como grandes – Naquele que te fortalece.
(Filipenses 413)

0 comentários:

Sua opinião é extremamente importante, Comente!