Pecados de Estimação || Fala Garota

12:19 Any Olliver 0 Comments

É com o mais belo dos sentimentos que hoje as trago esse artigo a respeito de nossa vida com Deus, em mais uma bela quinta, queridas. ♡


Todas carregamos dentro de nós coisas boas, mas também, coisas não tão boas assim.
O preocupante é: "o que fazemos" com esse conteúdo nada correto que anda conosco diariamente.
Com o tempo se o guardamos no baú em nosso coração, lá no sótão de nossos seres, eles apodrecerão, como o lixo que é, até começar a cheirar mal.

Vivemos nos dias de hoje como um vidro rotulado, onde o que se encontra escrito é: "Cristã" mas na verdade o conteúdo é bem diferente.
E quando se sabe disso, (pois Espírito que em nós habita, nos mostra essa infeliz realidade) nos contraímos.
É aí que entra a "reclusão". Você se afasta das pessoas que são um recipiente nato de Deus, aqueles amigos que são tão bons, tão corretos. Como uma forma de não contamina-los ou provocar perguntas, preferimos não mais mandar recados. Apenas curtidas e comentários já está bom.
Os familiares? Não! Eles não podem saber que a mocinha antes tão íntima de Deus tem agora agido contra os preceitos seus.
E novos amores?
Essa com certeza não é a hora certa, se a nós mesmas não conseguimos algo de bom oferecer, quem diria a outro alguém?!
É! A melhor idéia parece mesmo ficar quietinha com a esperança de que Deus trabalhará em nosso particular um dia, mas na realidade nada se faz para que isso aconteça.

Viver na janela da vida a observar como é boa a existência dos que servem verdadeiramente a Deus e doam o melhor de si ao mundo, mordendo a cada hora um pedaço de nosso pecado como se fôssemos viciadas, apenas com a vontade e a leve esperança de mudança; não adiantará nada.
Quanto mais o tempo passa mais difícil fica a tarefa de se afastar, pois a aliança se torna mais íntima.

Com o tempo, a idéia de largar o que já é "domesticado" é ruim, pois se forma um vínculo, e então os maus atos - os costumes imbecis - os pecados mascarados de manias; já se tornam companhia.
A necessidade assim, é mante-los no bolso para acariciá-los a todo minutinho.
Isso é como uma praga, literalmente, por mais que evites e com toda a força em momentos de comunhão os odeie: Logo em seguida voltas a comete-los.
E assim se passa lamentando por fazer-los.

Na Primeira Epístola de João a tão bela e inexplicável Graça é revelada:

“Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós.
Se confessarmos os nossos pecados, ele é FIEL e JUSTO para NOS PERDOAR os pecados e nos PURIFICAR DE TODA INJUSTIÇA.” {1 João 1:8,9}

Primeiro, ninguém é Santo embora busquemos a santidade, então não precisa abaixar os ombros em sinal de total derrota se estiveres lendo isso com (seja qual for) sua "mania" impura. 
Segundo: O Pai nos perdoa pelo o que Ele é - Fiel, Bondoso, Compasivo, Verbo Amar - e isso nunca mudará! Ele subsiste por toda geração. {Lamentações 5:19} ♡
Porém é Justo. O que quer dizer que ama imensuravelmente o pecador, mas aborrece o pecado e não elimina também futuras consequências. É a lei do livre-arbítrio.
Mas com sua infinita bondade e misericórdia e seu jeito amável de nos surpreender; nos ajuda com essas consequências lidar, e nos livra de piores danos.
Mas para que todo isso aconteça entra em cena o arrependimento, que é muito diferente de "LAMENTO."
Dizer — "Sinto muito" é uma coisa, outra é arrepender-se.
Pois, o arrependimento (ministrado em nós, logo após o convencimento do Espírito Santo) nos causa tanto nojo de certas ações, uma vergonha tão tremenda, que nos vemos "nuas" em um salão e mais nada nem ninguém além de nós mesmas e Deus. Assim nos recusamos com total asco de tornar a passar tal papel de besta novamente ao continuar a guardar nossos inofensivos (aos nosso olhar) porém quistos pecados.

Todas queremos que essa mudança seja rápida, de um dia para o outro se possível! Abrir a lata do lixo e jogar de uma vez todos os vidros. Apagar de vez de nossas memórias todos aqueles pensamentos e abruptamente desaparecer a vontade de se alimentar do que é ruim, como vemos em muitos testemunhos, que são para a honra e glória do Soberano, revelados.
Mas as vezes a limpeza é diferente, de dentro para fora da gente, feita de, uma decisão de cada vez.

Como o método da SUBSTITUIÇÃO, onde você torna seus "pecadinhos" um aviso para se firmar no caminho certo. É como um "TRATO" com o Senhor:

— Pai, cada vez que vier a vontade de falar o palavrão devo te glorificar...
Toda vez que a masturbação chamar, é então a hora de orar...
Todo dia que o desânimo bater, quer dizer que devo à ti, cantar...
Quanto eu pensar em me cortar irei ler João 3:16 [...]
E assim por diante.

Você faz de seus pecados um AVISO para você se acertar.
Assim, como na canção de Thalles Roberto "Todo dia o pecado virá, mas você escolherá a Deus".

Essa é a mudança. A ênfase que acrescentei ao verso 19 de 1° João afirma: “Ele é fiel e justo para nos PURIFICAR DE TODA INJUSTIÇA.”
Essa é a purificação. Essa primeira vontade de fazer o trato já é Ele, a força diariamente que virá para você cumprir o acordo, virá dEle.

As coisas não são fáceis, admito, mas também não são tão difíceis.
Busque acertar diariamente, mudar pouco a pouco. Busque com vontade em doses diárias "as coisas que são do alto". Quanto mais de Deus, quanto mais do bem, estiver em ti; menos espaço irá sobrar para as vontades indevidas.
Por isso; Devore páginas da Bíblia, adentre com ímpeto a multidão de adoração ao Senhor e lá levante suas mãos sem temores. Busque com tanta força e com tanta frequência até "sentires a respiração de seu Senhor."

Não faça desses maus costumes sua única companhia. Eles podem parecerem até inofensivos, "coisas de adolescente" como a maioria conclui. Mas eles aprisionam sem trancar a porta, eles fazem você acreditar que só precisa deles, e assim você desce um degrau a cada dia, se afastando do topo onde está Deus, e o faz "conscientemente". Inverta essa situação, "suba a cada dia um degrau."

Não é agradável andar ao lado de alguém que carrega um enorme saco de lixo nas costas em todos os lugares, onde chama a atenção de todos e faz com que alguns até levem a mão ao nariz evitando o mal cheiro, metaforicamente falando.
Não se deve deixar as coisas chegarem a esse ponto! Aí está mais um motivo de muitos casais não serem felizes; As malas de ambos os cônjuges estão cheias de lixo desde a época da adolescência. Não houve faxina. Os pecados de estimação continuam no Pc. Na conta do WhatsApp, no coração, na mente... na vida.

Chega de sermos vidro rotulado. Está na hora de voltar a ser aquela garota que só de dizer: "Deus" já sorria.
Estou certa de que chegará um tempo, onde serás um vidro tão transparente, tão puro, que todos dispensarão rótulos, só de olhar de longe já saberão o conteúdo. Creio que todas nós, como disse o Apóstolo Paulo: “Com cara descoberta, refletiremos, como um espelho, a glória do Senhor.” {2 Coríntios 3:18}
Nem precisaremos abrir a boca para declarar que somos Cristãs. Eles já saberão, e se sentiram bem por isso ser tão real. ☆
Mas até lá: Subiremos de degrau em degrau.

'Chega um tempo em que precisamos fazer uma faxina, e depois, sair para o jardim, para os campos e colinas, para junto com os que "todos os dias escolhem a Deus", e com eles, em meio a grama; sorrir e sentir a plenitude da Graça de Cristo.
E digo isso como tarefa diária.'

:: Deus as abençõe e as ajude a deixar ir o que não lhes faz bem...
São meus sinceros desejos e orações.

Até a próxima meninas. ✿

0 comentários:

Sua opinião é extremamente importante, Comente!