Se Liga, Você é Filho - Reconhecendo sua Identidade

00:00 Ruan Santos 0 Comments

Essa coluna é uma série especial do tema "Reconhecendo sua Identidade" e essa é a primeira coluna com o subtema "Se Liga, Você é Filho".


Eu acredito que estamos vivendo um momento em que temos esquecidos quem somos, o porquê estamos aqui e pelo que. Mas está na hora desse quadro mudar, pois se eu já estou cansado disso imagine o pai cujos filhos não reconhecem essa identidade.

Sabe, as pessoas em geral tem visto muito Deus como um deus qualquer que temos que crer para ir pro céu e fazer tudo certinho pare recebermos benção. Deixa eu explicar onde está o problema. Temos que ver Deus como nosso pai e não nosso patrão.

Seguinte, o servo  faz algo porque em troca ele receberá seu "salário", receberá um benefício. Já o filho faz o que tem que fazer porque ama seu pai e não espera nada em troca porque faz por amor. Aí eu te pergunto Deus está querendo servos ou filhos?

E aí que está o grande problema as pessoas hoje não tem reconhecido Deus como pai e sim como um patrão que ordena e você faz para não perder seu salário (no caso a vida eterna), e não é assim que funciona. Temos que ser servos de Deus no sentido de sempre está prontos para fazer sua vontade, mas o nosso sentimento tem que ser um sentimento de filho para pai.

Mas a todos quantos o receberam, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus, ou seja, aos que crêem no seu Nome; (João 1:12)


Quer ver uma prova dessa falsa identidade que temos vivido? Muitos procuram Deus em momento de dor, querendo servi-lo para que ele lhe dê o "algo em troca" no caso a solução para o problema. Mas a presença de Deus não é anestesia para se usar só em momentos de dor e que queremos alívio. A presença de Deus é aquilo nos dar a oportunidade de ver um feixe de sua glória.

Então comece a valorizar mais sua identidade, chega de ser servo passe a ser filho. Mas Ruan a bíblia cita várias vezes a palavra servo. Mas o que acontece é que todas essas vezes o texto está em um contexto de fazer a vontade de Deus custe o que custar ou seja sem reclamar, então eu vejo que a vontade dele tem que ser feita com a força de um servo mais com o sentimento de um Filho.





0 comentários:

Sua opinião é extremamente importante, Comente!